Morte de Eduardo Campos: Deputado do PSB diz que resultado sobre caixa-preta é ‘muito suspeito’

Diante da notícia de que a caixa-preta do avião que caiu em Santos (SP) e matou o presidenciável Eduardo Campos nesta quarta-feira (13) não gravou a conversa entre os dois pilotos, lideranças do PSB decidiram pedir acesso aos dados da Aeronáutica para uma “apuração isenta” sobre o acidente.

Reunidos em São Paulo para discutir o futuro da chapa do partido na disputa pelo Palácio do Planalto, os deputados Beto Albuquerque (RS), Márcio França (SP) e Júlio Delgado (MG) ficaram “estarrecidos” com a informação da Aeronáutica, que investiga as causas da queda da aeronave. Apesar do trabalho de desmontagem da caixa-preta ter sido realizado com sucesso e a memória, recuperada na íntegra, a conversa gravada é de outra data, ainda não definida.

“Esse resultado é muito suspeito”, disse Delgado à Folha. “A caixa-preta foi encontrada muito rapidamente pela perícia e é estranho não ter gravado o áudio do dia do acidente. Não vamos ficar tranquilos com isso. Vamos pedir uma apuração mais isenta. Não estamos gostando dessa conversa e queremos acesso aos dados”, completou.

No entanto, o deputado ainda não soube explicar quais métodos legais o partido era utilizar para solicitar as informações. “Estamos estudando o que fazer”, afirmou.

Os líderes do PSB reconhecem que as tratativas que vão definir se a vice de Campos, a ex-senadora Marina Silva, será ou não a cabeça de chapa precisam continuar –a definição precisa ocorrer até o dia 24– mas afirmam que as notícias sobre a caixa-preta suspenderam por ora as negociações.

Em almoço com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) nesta quinta-feira (14), aliados de Campos pediram “atenção especial” das Polícia Militar e Polícia Civil de São Paulo sobre o caso. O tucano acenou positivamente, embora as investigações sejam de responsabilidade da Polícia Federal e da Aeronáutica.

Morte de Eduardo Campos: Veja com exclusividade o primeiro programa da campanha do PSB

Infelizmente o Brasil perdeu um homem promissor na política brasileira, Eduardo Campos que faleceu na última quarta-feira, 13 de agosto, era candidato á presidência da república nas próximas eleições, e já aparecia em 3º lugar nas pesquisas de intenção de voto, com 9%. Em um possível segundo turno Eduardo e Marina apareciam com 38% contra 44% da atual presidente do Brasil.

Eduardo tinha grandes condutas na vida pública e na política, onde esteve por 28 anos de sua vida, perdemos um homem promissor para a nossa política, talvez não para esta eleição, mas possivelmente para os próximos anos.

Confira abaixo o que seria o primeiro programa da campanha eleitoral de Eduardo Campos, na campanha do candidato que se iniciaria no dia 19 de agosto:

Diretor afirma que Jô Soares está ótimo e nega câncer no pulmão

Jô Soares já apresenta melhora

Ao contrário do que informamos mais cedo, que Jô Soares estaria com suspeita de câncer no pulmão, seu diretor acaba de informar que ele está bem. Willen Van afirmou em entrevista recente que o apresentador já está bem e que vai ter alta em breve.

Jô está internado desde o último dia 25 no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e o diretor afirmou: “Isso é uma comédia. Jô está ótimo e falei com ele ontem. Pode ter alta a qualquer momento”, disse Willem, negando o tratamento do câncer em segredo.

Essa primeira informação foi publicada no site O Dia, pelo jornalista Leo Dias. Ele afirmava que a situação de Jô é delicada e que havia sofrido uma parada cardíaca na quarta-feira (14). Por causa disso, o doutor Dráuzio Varella foi chamado para o acompanhar.

Mas o diretor explicou a presença do médico no local: “O Dráuzio só está lá porque eles são amigos há muito tempo e é um ótimo médico”, disse ele. Hoje, o programa segue reprisando edições antigas do “Programa do Jô”, e seguirá assim até que ele melhore.

“A volta ao programa não tem data. Só vai ocorrer quando ele estiver 100%”, completou. Sua equipe gravou um musical com a Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu para ser exibido no dia em que o apresentador voltar aos palcos.

Audiência em Tempo Real: Gazeta e Band empatam com a Record no 3º lugar

São Paulo | 15h05

:globo: 7.0  :sbt: 5.0 :band: 2.0 :record: 2.0 :gazeta: 2.0

Audiência em Tempo Real: SBT na liderança

São Paulo | 14h18

 :sbt: 7.0 :globo: 6.0 :record: 5.0 :band: 2.0

“SBT Brasil” garante picos de 11 pontos e é uma das maiores audiências do SBT

O principal jornal da emissora de Silvio Santos, o “SBT Brasil” parece ter emplacado de vez, tanto que nesta quinta-feira (14/08) a atração registrou novamente alta audiência e ficou vários minutos na vice-liderança.

Segundo dados consolidados, exibido das 19h44 às 20h34, o “SBT Brasil” comandado por Carlos Nascimento e Rachel Sheherazade foi destaque no horário nobre do canal e repetiu recorde anual de audiência, marcando 8.9 pontos de média, chegando á 11 de pico e durante 29 minutos venceu o ‘Cidade Alerta’ da Record e ficou na vice-liderança.

O jornal repetiu pelo segundo dia consecutivo a segunda maior audiência de sua história. O maior índice do “SBT Brasil” foi em sua estreia em 2005, quando atingiu 10 pontos, na época apresentado por Ana Paula Padrão.

Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto mais uma vez fecham em segundo lugar no Ibope

https://tvibopenews.files.wordpress.com/2011/06/joseval-peixoto-e-rachel-sheherazade-na-bancada-do-novo-telejornal-sbt-brasil-1306541297567_560x400.jpg?w=300

O SBT vem surpreendendo em todos os horários, o principal telejornal do SBT mais uma vez bateu o “Jornal da Record”, ancorado por Joseval Peixoto e Rachel Sheherazade conseguiu manter a alta audiência recebida pelo “Chaves”.

O “SBT Brasil” registrou nesta quinta-feria média de 6 pontos com picos de 8 pontos e 10% de share, neste mesmo horário a Rede Globo foi líder isolada com 31 pontos, a Rede Record empatou em segundo lugar empatado também  com 6 pontos, a Band ficou em quarto lugar com 4 pontos de média.

Esses números são prévios e podem sofrer alterações no consolidado.