Canal Viva suspende reapresentação do Planeta Xuxa

Com o fim do contrato de Xuxa com a Globo, o Canal Viva optou por encerrar a exibição do Planeta Xuxa. A apresentadora será anunciada como nova contratada da Record, na próxima quinta-feira (5).

A direção artística da Globo solicitou que o canal pago suspendesse, imediatamente, as reprises do Planeta Xuxa, até então exibidas aos domingos. A mesma medida será adotada na Globo Internacional.  

“A programação do Viva é de licenciamento do conteúdo da TV Globo e de outros fornecedores internacionais  ou de produtoras independentes. Com o término do contrato entre Xuxa e a TV Globo, o ‘Planeta Xuxa’ sai da grade de exibição”, informa o Canal Viva em comunicado à imprensa.

Especula-se que Xuxa irá ganhar na Record um salário estimado em R$ 1 milhão. No canal, ela provavelmente terá dois programas: um diário e outro semanal.

Gugu agradece o Pânico pela sua volta à TV

Gugu entre os humoristas Eros Prado e Rodrigo Vesgo. Foto: Divulgação/Assessora de Comunicação

O programa Pânico deste domingo mostra uma conversa entre Eros Prado e Rodrigo Vesgo com o apresentador Gugu. A entrevista foi feita nesta semana, ao final do programa de estreia do Gugu. Muito simpático, Gugu se divertiu com o Pânico e ganhou presentes dos integrantes do humorístico, como mostram as fotos anexo.

O apresentador surpreendeu o Pânico quando agradeceu o programa por ter dado um ‘empurrãozinho’ para ele voltar à TV. “Foi graças aquela entrevista que fizeram no aeroporto  que movimentou o mercado para a minha volta”, disse Gugu, se referindo à reportagem que o Pânico mostrou com ele no início de 2014. Na época, Gugu estava há cerca de um ano fora do ar, depois de sua saída da Record, e deu uma entrevista longa com os integrantes do Pânico sobre sua carreira e possíveis novos projetos.

Depois de um ano, Gugu e Pânico voltaram a se encontrar. O Pânico vai ao ar domingo, a partir das 21h30, na Band.

César Filho não vai mais apresentar o “Power Couple” na Record

Contratado com a promessa de ganhar um programa diário e um reality show na Record, César Filho vai acabar ficando apenas com o “Hoje em Dia”. Segundo o jornalista Flávio Ricco, o “Power Couple” não será mais apresentado por ele.

César comandaria o novo programa ao lado de sua mulher, a atriz Elaine Mickely, que está atuando na novela “Império” até o mês de março. Ela chegou a desistir da ida e pediu para continuar atuando na Globo, mas teve o pedido negado.

A saída de César acontece por causa do “Hoje em Dia”, já que o formato exige um apresentador que se dedique em tempo integral. É o mesmo caso que acontece com Britto Jr., que comanda “A Fazenda” e o “Programa da Tarde”.

Depois de estreia impactante com 17 pontos, Gugu despenca na Record

O novo programa do Gugu na Record estreou na última quarta-feira, misturando vários formatos, como o do extinto “Viva a Noite” dos anos 90 e o “Domingo Legal” nos seus tempos áureos no início dos anos 2000.

Na estreia Gugu registrou 17 pontos de média e 19 de pico, atingindo a liderança durante 88 minutos, e vencendo Ratinho no SBT que no horário ficou com 8 pontos, mesmo entrevistando Florinda Meza do seriado ‘Chaves’, já a Globo ficou com 19 pontos.

Porém em seu segundo dia de exibição, Gugu registrou apenas 10,5 pontos de média e 13 de pico, no mesmo horário o SBT que exibia parte do Ratinho e ‘A Praça é Nossa’ registrou 7 pontos, já a Globo foi líder com 21 pontos.

Depois de Xuxa e Gugu, direção da Record quer Eliana de volta

Segundo a rádio corredor da Barra Funda, a direção da Record deverá enviar nos próximos dias uma proposta para Eliana deixar o SBT e voltar para a emissora, a proposta é que a apresentadora tenha um programa dominical, e outro de entrevistas externas ou em casas de famosos durante a semana.

A proposta da emissora para 2015 é se firmar como concorrência forte, frente ao SBT e Globo, se posicionando no que diz respeito a programas de entretenimento e auditório, além de alcançar um alto faturamento.

eTV

Xuxa acerta com a Record por R$ 5 milhões

Xuxa já é da Record (Foto: Divulgação)

Não se fala em outra coisa, um dos assuntos mais comentados do momento é mesmo a contratação de Xuxa Meneghel pela Record. A novela da contratação da apresentadora tomou conta dos sites especializados nas últimas semanas, mas foi confirmada pela Record, com convite para a imprensa ouvir o comunicado de Xuxa e da emissora, somente nesta última quinta-feira (26). A coletiva deverá acontecer na próxima quinta-feira (05), nos estúdios da Record em São Paulo.

O fato é que tal contratação despertou muitas curiosidades do público. Uns se perguntam, o que a loira vai fazer na emissora da Barra Funda e outros querem saber quantos milhões de salário foram oferecidos para que Xuxa aceitasse deixar a Globo após quase 30 anos na emissora carioca. De forma resumida, Xuxa não aceitou a proposta da Record, simplesmente pelo lado financeiro, pesou e muito o lado “profissional”. Sim, porque a apresentadora estava na geladeira da Globo já há algum tempo, sem qualquer previsão de retorno.

Na Record, Xuxa deverá trabalhar mesmo! A ideia do alto escalão do canal, é que ela seja a Ellen Degeneres aqui do Brasil. Para quem não sabe de quem estamos falando, Ellen é uma das maiores, se não a maior apresentadora dos Estados Unidos atualmente no ar. A apresentadora causa frizon por onde passa, possuí alta audiência e comanda um talk show por lá.

A direção da Record, já deixou claro que Xuxa deverá mesmo ter um talk show. Ainda não se sabe, se diário ou semanal. O que podemos afirmar, é que a ideia é ter 2 programas apresentados pela Rainha dos Baixinhos no canal.

Já falando do “valor” que esta negociação inimaginável até alguns anos atrás envolveu, podemos afirmar com toda certeza que se a loira ganhava R$ 2,5 milhões mensais na Globo, na Record ela deverá faturar nada menos, nada mais que R$ 5 milhões. Acumulando assim o maior salário da nossa TV ao lado de Fauto Silva.

Rachel Sheherazade sai em defesa de médico que denunciou aborto

A jornalista Rachel Sheherazade comentou em seu programa na rádio Jovem Pan sobre o caso ocorrido na semana passada no Hospital de São Bernardo do Campo (SP) quando um médico denunciou uma paciente que havia abortado.

O médico achou por bem denunciar o crime, já que a jovem de 19 anos não passou por nenhum dos casos onde a lei brasileira permite aborto. Grávida de quatro meses e sem apoio do parceiro, a gestante tomou quatro comprimidos para úlcera e perdeu o bebê, passando a ter hemorragias.

Ao falar sobre o caso Sheherazade diz que o médico fez bem em denunciar um crime, sendo portanto um bom motivo para quebrar o sigilo profissional determinado pelo Código de Ética Médica no artigo 73.

“O aborto é mais que uma violência física, é um crime gravíssimo perpetrado contra a vida do mais indefeso dos seres humanos, o nascituro, pois ainda no ventre da mãe, aquela que, por lei, deveria resguardá-lo de todos os perigos”, diz a jornalista.

Sheherazade aproveitou para falar ao deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) que se aproveitou do fato ocorrido em São Bernardo para defender a descriminalização do aborto. Wyllys afirmou que o aborto é um “direito individual”, mas a jornalista contesta e pede para que o deputado leia o Código Penal Brasileiro.

“De que legislação ele tirou esse direito? Aborto, no Brasil, não é direito, é crime, sr. Willys. Passível de cadeia, tanto para a mulher que o pratica, quanto para quem a ajuda a abortar. Dê uma olhadinha no Código penal, deputado, não custa nada”, afirmou.

A jornalista contestou também a fala do ex BBB que afirmou que o aborto é questão de saúde pública, lembrando a ele que questão de saúde pública é a dengue, malária, falta de água, falta de saneamento básico, falta de vacinação, falta de planejamento familiar e outros temas.

“Aborto, senhor deputado, é caso de polícia!”, encerra.