Flamengo decepciona, perde para o Emelec e depende da sorte para se classificar.

Dominar boa parte do jogo, construir uma vantagem no placar e deixar a vitória escapar no fim não é novidade para o Flamengo na Copa Libertadores. Após levar o empate contra o Olimpia-PAR na terceira rodada depois de estar vencendo por 3 a 0, o time sofreu mais um apagão na noite da última quarta, deixou o Emelec-EQU marcar dois gols em oito minutos e vencer por 3 a 2. Com o resultado, o time carioca viu a classificação praticamente escorrer pelas mãos e tem apenas 6% de chance de avançar na competição, segundo o site Chance do Gol.

Com os vacilos, o Rubro-Negro deixou de marcar cinco pontos na tabela. Na lanterna do grupo 2, o time poderia estar com dez pontos – como o líder Lanús-ARG – e em uma situação completamente oposta não fosse a pontuação desperdiçada nas duas situações.

CHANCES ATUAIS DE AVANÇAR ÀS OITAVAS (SEGUNDO O PARCEIRO CHANCE DE GOL)

Time brasileiro Porcentagem
Fluminense (grupo 4) 100% (já classificado)
Corinthians (grupo 6) 99,99%
Santos (grupo 1) 99,7%
Vasco (grupo 5) 98%
Internacional (grupo 1) 89%
Flamengo (grupo 2) 6,1%

O atual momento, como não poderia deixar de ser, incomodou bastante ao técnico Joel Santana. O comandante do time da Gávea não escondeu a frustração com os erros no fim da partida e prometeu uma conversa com todo o grupo para entender o que está se passando.

“Mais uma vez, entregamos os jogos nos últimos minutos. Tenho que conversar com a comissão técnica, com os jogadores, com todo mundo, porque isso não é normal. Não é a primeira vez que acontece. Tivemos duas chances para matar o jogo e não matamos. Essa sequência de vacilos acabou nos deixando em situação muito delicada na Libertadores”, analisou.

Outro fator que irritou Joel foi o péssimo rendimento nas bolas alçadas na área do rubro-negro. O treinador garante que havia alertado a defesa do Flamengo sobre a qualidade do Emelec nos lances pelo alto. O time sofreu dois gols de cabeça do atacante equatoriano Figueroa.

“Faltou maturidade na questão nos lances pelo alto. Sabíamos que o forte deles era a bola alçada na área e não tivemos o cuidado necessário. Aí fica difícil. Trouxemos os caras para dentro da área e isso acaba sendo crucial em uma partida contra um time como o Emelec”, afirmou Joel Santana, que ainda fez questão de demonstrar esperança na classificação e apostar na força da torcida, mesmo com a situação delicada na tabela.

Cariocão: Flamengo vence e Wagner Love se aproxíma da promessa feita.

Quando Vagner Love retornou ao Flamengo declarou que um dos seus objetivos era ter a média de um gol por partida em 2012. Na contagem geral, nos 11 jogos que disputou neste ano, o “Artilheiro do Amor” ainda não alcançou sua meta. No entanto, levando-se em conta somente os números do Campeonato Estadual desta temporada, o atacante cumpriu o “acordo” e, com os dois gols marcados na vitória sobre o Bangu, no último domingo, balançou as redes pela oitava vez em oito partidas.

Para que a marca também seja estabelecida na “contabilidade geral”, Love espera marcar dois gols contra o Emelec, do Equador, na próxima quarta, pela Libertadores, e igualar o número 12 em jogos e gols marcados nesta sua segunda passagem pelo time da Gávea.

“Espero que na quarta-feira, contra o Emelec, eu consiga fazer dois gols. Assim eu atinjo essa meta que eu estou buscando. O negócio é trabalhar firmemente. O segredo é esse”, disse o atacante após o jogo contra o Bangu, no último domingo.

Mais que os objetivos pessoais do jogador, os gols têm feito toda a diferença para a equipe rubro-negra. A ‘superioridade’ de Love em balançar a rede é tão alta que o segundo artilheiro do Flamengo na temporada é Ronaldinho Gaúcho, que tem apenas cinco, apenas a metade.

Além dos gols, o jeito de Vagner Love tem conquistado não só os torcedores, mas todo o elenco. Após a partida contra o Bangu, Ronaldinho Gaúcho disse que estava feliz com o rendimento do afilhado. Outra situação foi quando Deivid perdeu um gol ‘feito’ contra o Vasco, pela semifinal da Taça Guanabara, o primeiro turno do estadual. Love blindou o companheiro e fez questão de ‘dividir’ os gols com o atacante.

A primeira passagem do atacante também foi satisfatória mesmo não conquistando nenhum título pelo Rubro-Negro. Em 2010, o Artilheiro do amor disputou 29 jogos e marcou 23 gols.

O Flamengo começa uma semana que será marcada por dois jogos importantes. O primeiro será contra o Emelec-EQU, pela Copa Libertadores. A partida será realizada nesta quarta-feira, às 21h50, no Equador. Na sequência, a equipe retorna ao Rio de Janeiro e se prepara para o jogo contra o Vasco, pelo Campeonato Carioca. O clássico será disputado neste sábado, às 18h30, no Engenhão.

Futebol: Flamengo é o pior time Brasileiro na Libertadores e tem menos de 30% de chances de continuar.

Com a derrota, o Rubro-Negro vê Lanús e Olimpia alcançarem 83% de classificação, segundo o site Chance de Gol. Os dois primeiros colocados do grupo 2 se enfrentam na próxima terça-feira, às 18h45 (horário de Brasília), na Argentina, em jogo de extrema importância para o Flamengo. Com uma vitória, dois empates e uma derrota, a equipe da Gávea tenta reverter o cenário às 22h de quarta contra o lanterna Emelec, no Equador.

“Não tem ninguém classificado. A Copa Libertadores se disputa até o final. Nós temos um jogo muito difícil contra o Emelec, no Equador. O nosso grupo é muito equilibrado. Não tem nada definido e vamos nos preparar para a próxima partida”, disparou Joel Santana. O último adversário do Flamengo na fase de grupos da Libertadores é o atual líder Lanús, no próximo dia 12.

Porém, antes de tentar reverter o quadro nada animador de apenas 29,8% de chance de classificação no torneio continental, o Flamengo tem duelo contra o Bangu, pela Taça Rio. Como a equipe jogará no domingo e a viagem para o Equador será no início da semana. O mais provável seria poupar alguns jogadores, mas Joel Santana descartou a possibilidade.

“O Flamengo não entra para fazer parte, mas para ganhar. Vencendo o Bangu, temos de jogar com o Emelec lá em cima e, depois, tem o Vasco. Poupar o quê? Não estamos ganhando nada. Não é questão de sacrifício. É um compromisso moral com o torcedor”, disse o treinador após a derrota para o Olimpia.

Assista Flamengo x Olimpia pela Taça Libertadores da América na Globo.

O Flamengo encara o Olimpia, do Paraguai, nesta quarta-feira, às 22h, para retomar a liderança do grupo 2 da Copa Libertadores. E a tarefa do rubro-negro para voltar ao topo não será das mais fáceis. Além de enfrentar um verdadeiro clima de guerra no estádio Defensores Del Chaco, o time carioca terá que superar o trauma pelo empate por 3 a 3 na partida entre as duas equipes no Rio de Janeiro.

Após dominar o jogo até os 30min do segundo tempo e conseguir uma vantagem de 3 a 0, o Flamengo foi surpreendido pelo time paraguaio e viu a vitória escapar com três gols sofridos em 13 minutos. Os rubro-negros não esconderam a decepção e mostraram saber bem que precisam recuperar os pontos perdidos em casa e a confiança na competição.

“Foi complicado empatar daquele jeito, todos ficaram muito abalados, mas temos que esquecer isso e recuperar agora. Conversamos sobre o que aconteceu. Faltou cuidado, atenção, houve relaxamento porque a equipe achou que o jogo já estava resolvido. Agora é hora de vencer e encaminhar a classificação. Tem que ser tudo diferente desta vez”, decretou o técnico Joel Santana, que teve o discurso endossado pelo goleiro Felipe.

“Pela tabela, só a vitória interessa. A ideia é respeitar o time deles, mas sabemos que temos condições de fazer uma bela partida”, disse o camisa 1 em entrevista ao site oficial do clube.

Para a partida decisiva, Joel Santana ainda não poderá contar com Airton e Renato Abreu, que se recuperam de lesão no pé e de uma arritmia cardíaca, respectivamente. A boa notícia para o treinador será o retorno de Ronaldinho Gaúcho. O craque cumpriu suspensão no último fim de semana, pelo Campeonato Carioca, e voltará ao time. Deivid, barrado no ataque, segue fora da equipe.

Do lado adversário, o objetivo também é uma vitória para alcançar a liderança e se aproximar da classificação à próxima fase. Com quatro pontos, um a menos que o Flamengo e dois atrás do líder Lanús, o Olimpia busca um resultado positivo por dois ou mais gols para chegar ao topo da tabela.

O técnico Gerardo Pelusso, responsável pelo clima tenso da partida ao dizer que Joel Santana “não existe”, não terá problemas para montar o seu time. Com o grupo completo e todos os jogadores à disposição, a única dúvida será no ataque. O ex rubro-negro Maxi Biancucchi disputa uma vaga com Luis Caballero. A decisão só deverá ser tomada momentos antes do jogo.

OLIMPIA-PAR x FLAMENGO

Data: 28/03/2012 (quarta-feira)
Horário: 22h (de Brasília)
Local: Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção (Paraguai)
Transmissão na TV: TV Globo e Fox Sports (informações divulgadas pelas emissoras)
Árbitro: Enrique Osses (Chile)
Auxiliares: Francisco Mondria (Chile) e Carlos Astroza (Chile)

OLIMPIA
Martín Silva; Nájera, Romero, Enrique Meza e Sebástian Ariosa; Aranda, Sérgio Orteman, Fábio Caballero e Vladimir Marín; Zeballos e Maxi Biacucchi (Caballero)
Técnico: Gerardo Pelusso

FLAMENGO
Felipe; Léo Moura, Marcos González, David Braz e Júnior César; Muralha, Willians, Luiz Antônio e Bottinelli; Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love
Técnico: Joel Santana

Assista Flamengo x Friburguense Ao Vivo pelo Campeonato carioca na Globo.

Lesões, desfalques e problemas para escalar o time. A rotina de Joel Santana no Flamengo tem sido difícil. No entanto, neste domingo, contra o Friburguense, às 16h em Macaé, pela segunda rodada da Taça Rio, o técnico terá algumas novidades neste cenário. Apesar de ter um ataque completamente desfigurado, o treinador voltará a contar com nomes importantes de seu sistema defensivo na partida que pode definir o rumo do rubro-negro neste segundo turno do Carioca.

Com o goleiro Felipe e o volante Willians de volta, o técnico apostará todas as suas fichas na defesa, já que a linha de frente não terá nenhum de seus titulares. Enquanto Ronaldinho Gaúcho cumpre suspensão pela expulsão contra o Fluminense, Deivid e Vagner Love serão poupados por conta de dores musculares e Renato Abreu segue fora após uma cirurgia para corrigir uma arritmia cardíaca.

Joel Santana também não poderá contar com Léo Moura e Airton, que ainda se recuperam de lesões. O lateral teve um estiramento muscular na coxa direita e o volante sofreu uma fratura no pé esquerdo. E mesmo com alguns retornos, o treinador não esconde a preocupação para montar o time. Desta vez, serão seis desfalques.

“Eu paro para pensar no jogo e já fico logo preocupado. Até podemos ter algumas voltas, mas os problemas ainda são muitos. É sempre difícil montar a equipe assim, mas não posso ficar perdendo tempo e reclamando. Vamos com as peças que temos, confio e todas, e precisamos vencer para nos aproximar dos líderes”, ressaltou o técnico

Do outro lado, sem desfalques, o Friburguense busca um bom resultado para sair da lanterna do grupo B. Com apenas um ponto em três jogos, o time está na última posição e sabe que um novo tropeço pode antecipar a eliminação na Taça Rio. O único consolo do tricolor da região serrana é a boa campanha feita na Taça Guanabara. Com 11 pontos no primeiro turno, a equipe dificilmente estará entre as rebaixadas da competição.

Os destaques são o experiente atacante Ziquinha e o técnico Gerson Andreotti. O comandante do Friburguense conhece muito bem o adversário deste domingo. Gérson era auxiliar na conquista do tri campeonato rubro-negro, em 2001, e espera ter a mesma sorte desta vez. “Mudei de lado, mas espero que vença mais uma. Precisamos de um bom resultado a qualquer custo no domingo”, disse o treinador.

FRIBURGUENSE x FLAMENGO

Data e horário:18/03/2012 (domingo), às 16h (horário de Brasília)
Local: Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo (Moacyrzão), em Macaé (RJ)
Transmissão: TV Globo, TV Bandeirantes e Premiére (informações divulgadas pelas emissoras)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Luis Claudio Regazonne (RJ)

Friburguense
Marcos; Sérgio Gomes, Cadão, Diego Guerra e Flavinho; Zé Vitor, Lucas, Marcelo e Jorge Luiz; Ziquinha e Rômulo Cabral
Técnico: Gérson Andreotti

Flamengo
Felipe; Galhardo, David Braz, Marcos González e Júnior César; Willians (Luiz Antônio), Muralha, Kléberson e Bottinelli; Negueba e Diego Maurício
Técnico: Joel Santana

Futebol: Adriano se reúne hoje com a diretoria do Flamengo, para acertar retorno.

O atacante Adriano irá se reunir com a diretoria do Flamengo nesta sexta-feira para tratar de seu possível retorno ao clube. A ideia dos dirigentes rubro-negros é dar o pontapé inicial no projeto para ter o jogador vestindo a camisa do time da Gávea novamente.

No Rio de Janeiro desde a última terça-feira, Adriano, que diz negociar com dois times, não esconde das pessoas mais próximas a vontade de receber uma proposta formal do Flamengo. No entanto, a diretoria do clube esperou o jogo da última quinta-feira pela Libertadores para conversar com o Imperador. Para alguns familiares, a volta ao time do coração seria a última chance do jogador recuperar o abalado lado emocional e o futebol de outros tempos.

Estratégia pelo Imperador

Em um primeiro momento, a cúpula rubro-negra não conversará sobre contrato com o atleta e buscará apenas deixar Adriano à vontade para utilizar as instalações do clube para sua recuperação. A ideia dos dirigentes é não pressionar o atacante, fazendo com que o mesmo tome naturalmente a decisão de voltar a jogar pelo Flamengo.

O vice-presidente de futebol do clube, Paulo César Coutinho, confirmou a “estratégia” do rubro-negro. “Queremos ter o Adriano por perto. Vamos disponibilizar o clube para que ele possa se recuperar. Depois, com calma, veremos o que ele quer. Não quero pressionar ninguém. Não vamos nem falar em contrato. Estamos preocupados em recuperar um filho da Gávea que já nos deu muitas alegrias”, explicou o dirigente.

Além de Adriano e do vice de futebol, deverão participar do encontro a presidente Patrícia Amorim, o vice de finanças, Michel Levy, e o empresário do jogador, Luís Cláudio Menezes. Mesmo sem falar abertamente sobre a reunião, os cartolas rubro-negros acreditam em um desfecho positivo do caso.

A reportagem do UOL Esporte apurou que nos bastidores do clube já há quem considere a hipótese de Adriano iniciar sua recuperação no Flamengo na próxima segunda-feira. Mesmo com o imbróglio envolvendo a participação do atacante na Libertadores, os dirigentes querem que o jogador se recupere o quanto antes de uma lesão no tendão calcâneo do pé esquerdo.

No que depender da receptividade dentro do clube , o jogador terá o melhor ambiente possível para recuperar a boa forma. “A diretoria quer, os jogadores querem, a torcida pede… Não dá para não comentar uma situação dessas. É o Imperador, temos que respeitar. Deixei na mão da diretoria agora. Se eles resolverem tudo, estarei aqui o esperando. Seria muito bom recuperá-lo para o futebol. Já imaginou um trio com ele, Ronaldo e Love. Seria bom demais”, declarou o técnico Joel Santana, dando uma mostra do clima que aguarda o atacante no rubro-negro.

Assista Flamengo x Olimpia Ao Vivo pela Taça Libertadores no Sportv.

Com quatro pontos em dois jogos, o Flamengo entrará em campo nesta quinta-feira, às 22h, no Engenhão, contra o Olimpia-PAR, buscando ficar em situação tranquila na Copa Libertadores. E para chegar a vitória, o rubro-negro terá que superar uma figura ilustre e conhecida no time adversário: Maxi Biancucchi, primo de Lionel Messi. Com passagem pelo time da Gávea entre 2007 e 2009, o jogador é a grande atração da equipe paraguaia.

Com quatro pontos em dois jogos, o Flamengo entrará em campo nesta quinta-feira, às 22h, no Engenhão, contra o Olimpia-PAR, buscando ficar em situação tranquila na Copa Libertadores. E para chegar a vitória, o rubro-negro terá que superar uma figura ilustre e conhecida no time adversário: Maxi Biancucchi, primo de Lionel Messi. Com passagem pelo time da Gávea entre 2007 e 2009, o jogador é a grande atração da equipe paraguaia.

As lembranças do Flamengo são as melhores possíveis, até porque a torcida tinha um carinho enorme por mim. Foi um momento muito especial na minha carreira. É uma oportunidade legal rever o time, mas agora quero decidir pelo outro lado. Espero ajudar o Olimpia, até porque também precisamos desta vitória para chegar ao primeiro lugar”, disse o primo de Messi.

FLAMENGO x OLIMPIA

Data e horário: 15/03/2012 (quinta-feira), às 22h (horário de Brasília)
Local: Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Transmissão: Fox Sports (informação divulgada pela emissora)
Árbitro: Jose Buitrago (Colômbia)
Auxiliares: Wilmar Navarro (Colômbia) e Alexander Guzman (Colômbia)

Flamengo
Paulo Victor; Galhardo, David Braz, Marcos González e Júnior César; Muralha, Luiz Antônio, Bottinelli e Thomás; Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love
Técnico: Joel Santana

Olimpia
Martín Silva, Revoredo, Enrique Meza, Adrián Romero e Candia; Hobecker, Fabio Caballero, Sergio Orteman e Vladimir Marín; Caballero e Maxi Biancucchi
Técnico: Gerardo Pelusso

Imperador e Flamengo unidos até que a morte os separe…

È me parece que a um pouco a se questionar sobre a administração da presidente Patricia Amorin no Flamengo.

O Time da gávea, vem de sequentes contratações que se podem no mínimo dizer completamente frajutas. Ronaldinho Gaucho recebe, ou ao menos deveria receber milhões do clube, mas futebol que é bom não mostrou até agora. Deivid que poderia ser o medalhão rubro negro, não cresceu e se apagou no elenco.

Wagner Love este ao menos por enquanto vem contando com a sorte e fazendo la uns golzinhos sofridos em suas atuações melancólicas.

Mas no Flamengo tudo se pode esperar, e a diretoria do time ja manifestou interesse na contratação do problemático Adriano que desde sua contratação nada mostrou no Corinthians além de um repleto leque de aborrecimentos e desencontros com a equipe.

Se não bastasse nos ultimos dias antes de ter seu contrato rescindido Adriano pediu folga para repensar a vida. O jogador IMPERADOR DA BIPOLARIDADE, não se pronunciou ate agora mas certamente tem interesse em fechar contrato com o time da Gávea.

Um otimo reforço para o Flamengo, Depois disso nos basta esperar que Bruno saia da cadeia e a banda louca, digo, seleção Rubro Negra estará pronta.

Eduardo Moscovis: ”Torcia por um menino sim, para dar uma onda masculina em casa”

dumoscovisoriginaljpgEduardo Moscovis quer que filho torça pelo Flamengo

Eduardo Moscovis voltará a TV na série Louco por Elas, da Globo, depois de um tempo afastado. Ele será o protagonista Léo, um técnico de futebol de praia e treina um time feminino adolescente, e que vive cercado por mulheres. Fato que se parece muito com sua vida real, já que tem três filhas ao lado deCynthia Howlett, que está grávida do primeiro, e tão aguardado, menino do ator.

“Sempre vivi em um ambiente feminino e estou acostumado com isso”, disse Du Moscovis sobre o novo papel, onde estará cercado pela avó Julieta (Glória Menezes), da ex-mulher Giovana (Deborah Secco) e de suas filhas, Bárbara (Luisa Arraes) e Theodora (Laura Barreto). “Para o personagem, esse convívio ajuda na composição e também na descomposição, porque leva muita coisa pra casa.”

Esse ambiente feminino, pelo menos na vida real, será quebrado com a chegada do primeiro filho do ator. “Já estou no quarto filho, não vou ficar mentindo, torcia que fosse um menino sim, pra dar uma mexida nesse ambiente feminino, para dar uma onda masculina na casa”, revela Du Moscovis, que ainda não escolheu o nome do filho, mas já sabe que ele torcerá pelo Flamengo. “Ia ser Antônio, Frederico, Vicente, muitos nomes.”

Apesar de terem dito que ele seria o “autor” do nome do menino, Du Moscovis diz que a disputa dentro de casa está acirrada. “Tem as meninas [filhas], minha mulher, sou o último que apita”, brinca o ator.

Louco por Elas estreia no dia 13 de março na Globo, logo após o Big Brother Brasil 12.

Fonte: Contigo!

Fluminense derrota o Botafogo e enfrentará vasco na final da Taça Guanabara.

O Fluminense está na final da Taça Guanabara. O time de Diego Cavalieri, que pegou duas penalidades, se classificou após vencer o Botafogo nas cobranças de pênaltis por 4 a 3. No tempo normal, as equipes empataram por 1 a 1, com gols de Elkeson para o Alvinegro e Leandro Euzébio para o Tricolor, todos no segundo tempo. Loco Abreu foi o vilão para o Bota. O uruguaio desperdiçou a sua chance e confirmou a queda da sua equipe no torneio. Lucas (Botafogo) e Jean (Fluminense) também haviam perdido as cobranças.

A final será contra o Vasco, no domingo, às 17h, no Engenhão. O tempo normal foi equilibrado, mas com poucas emoções. Muito bem na defesa, Botafogo e Fluminense tiveram pouca presença ofensiva. O clássico só esquentou na fase final do segundo tempo, quando Elkeson e Leandro Euzébio marcaram e colocaram a decisão para as penalidades.

Sem poder contar com Maicosuel, o técnico Oswaldo de Oliveira só divulgou minutos antes da partida que Herrera seria o substituto e que Felipe Menezes ficaria no banco de reservas. O jogo começou muito movimentado com ambas as equipes visando o gol. O Fluminense tinha como ponto forte o lado direito, onde Wellington Nem com muita velocidade e dribles era perigoso. Já o Botafogo, usava do toque de bola rápido para chegar à área do adversário. O que chamou atenção no início da partida foi o duelo em particular de Fred e Antônio Carlos. O zagueiro cometeu três faltas em menos de dez minutos e recebeu o cartão amarelo.

Elkeson era boa opção, chamando a responsabilidade e quase abriu o placar aos 13 minutos, em cobrança de falta espalmada por Diego Cavalieri. Fred, por outro lado respondeu no minuto seguinte, mas o atacante chutou em cima de Jefferson, que ainda defendeu o rebote de Deco impedido. Bruno e Thiago Neves, que até então ainda não haviam aparecido tiveram seu primeiro lance de destaque aos 19 minutos. O lateral puxou contra-ataque e cruzou na medida para o meia cabecear com extremo perigo. O que no inicio do jogo dava certo para o Botafogo passou a ser um problema. O Alvinegro errava muitos passes e permitia que o Tricolor puxasse rápidos contra-ataques.

Assista ao vivo Flamengo x Madureira pelo campeonato carioca.

 

A pressão por um resultado positivo é a mesma desde o início do ano no Flamengo, no entanto, desta vez o clima será completamente diferente. Com um astral completamente renovado após a chegada de Joel Santana, o rubro-negro encara o Madureira, nesta quinta-feira, às 19h30, no Engenhão, pela quinta rodada do grupo A da Taça Guanabara.

Com apenas cinco pontos marcados em quatro jogos, o time da Gávea está em terceiro lugar no grupo A da Taça Guanabara, fora da zona de classificação para as semifinais do primeiro turno do Campeonato Carioca, e precisa de uma vitória a qualquer custo para continuar sonhando com uma vaga na fase final.

Com apenas dois dias de trabalho, Joel terá que enfrentar outros problemas além da falta de entrosamento com o grupo. O treinador, que não poderá contar com Willians, expulso na última partida, ainda não sabe se terá a presença de Ronaldinho. O craque gaúcho se recupera de uma conjuntivite e será reavaliado momentos antes da partida desta quinta.

Entretanto, mesmo com as dificuldades, o treinador garante motivação para o jogo. “É difícil saber como vai ser. Tenho apenas dois dias de trabalho e isso está longe de ser o ideal para comandar a equipe, mas sei que terei motivação de sobra para superar isso. E espero que os jogadores também pensem assim”, salientou Joel.

Pelo lado do Madureira, a partida desta quinta também é vista como fundamental para as pretensões do time na Taça Guanabara. Com quatro pontos conquistados, o Tricolor Suburbano vê no jogo contra o Flamengo um confronto direto para alcançar as primeiras posições e se aproximar da vaga nas semifinais.

E para surpreender a equipe de Joel Santana, o técnico Luiz Claudio fez algumas mudanças na equipe durante os treinos desta semana, após a derrota para o Olaria na última rodada. Contudo, o treinador do Madureira prefere não comentar a parte tática para não dar armas para o adversário e apenas exalta o rubro-negro.

“O Flamengo é um dos fortes candidatos ao título pelo elenco que tem. Durante a semana busquei algumas alternativas para nossa equipe entrar em campo com condições de vencê-los, como foi diante do Botafogo, onde fizemos uma bela apresentação. Precisamos ganhar essa partida para seguirmos vivos na Taça Guanabara. Temos que acreditar nisso”, frisou Luiz Claudio, que só definirá os onze titulares momentos antes da partida.

 

FLAMENGO x MADUREIRA

Data e horário: 09/02/2012 (quinta-feira), às 19h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro
Transmissão: Premiere (informação divulgada pela emissora)
Árbitro: Lenilton Rodrigues Gomes Júnior (RJ)
Auxiliares: Alexandre Eller (RJ) e Flávio Manoel da Silva (RJ)

Flamengo
Felipe; Léo Moura, Welinton, David Braz e Júnior César; Maldonado (Airton), Luiz Antônio, Renato Abreu e Bottinelli; Ronaldinho Gaúcho (Negueba) e Deivid
Técnico: Joel Santana

Madureira
Márcio; Tamaré, Thiago Medeiros, Zé Carlos e Bill; Gilson, Michel Santos (Heitor), Rodrigo e Bruno Reis; Dinei e Maciel
Técnico: Luiz Claudio

O jogo será transmitido pelas emissoras de tv por assinatura.

Momento do Esporte, e o esporte Mundial

O Fim de um sonho, Vasco é elimidado da Sul Americana.

Eliminado de uma semifinal de competição internacional às vésperas de um clássico decisivo pelo Campeonato Brasileiro, o Vasco tinha tudo para se preocupar com o abalo psicológico que os seus jogadores iriam sofrer justamente no momento mais importante da temporada. Entretanto, ao final da partida da última quarta-feira, quando foi derrotado por 2 a 0 pela Universidad de Chile e deu adeus à Copa Sul-Americana, o que se viu foi um time extremamente maduro, consciente do dever cumprido e motivado para o jogo do próximo domingo, contra o Flamengo.

Sem chances de alcançar a tríplice coroa e ciente da dificuldade em superar o Corinthians na briga direta pelo título brasileiro, o objetivo do cruzmaltino agora é vencer o rival no clássico da última rodada da competição. Para o técnico Cristóvão Borges, é a chance perfeita de coroar uma temporada “brilhante” até o momento.

Em situações normais, o resultado de um jogo na véspera de uma decisão acaba influenciando, mas não é o caso agora. Não perdemos motivação. Conversei com os jogadores no vestiário após o jogo e todos estão tranquilos. Eles sabem o que fizeram até aqui e agora têm uma grande oportunidade de coroar essa temporada brilhante. É claro que vamos em busca do título, mas a vitória será muito boa também”, salientou o treinador cruzmaltino.

Derrota para Universidad de Chile na última quarta não abalou confiança dos vascaínos

Ídolo da torcida e um dos grandes representantes da boa temporada vascaína, o meia Juninho Pernambucano fez o seu último jogo no ano na última quarta-feira. Suspenso da partida contra o Flamengo, o “Reizinho” também fez uma análise positiva do ano que marcou seu retorno ao futebol brasileiro após dez anos.

“É claro que lamentamos a eliminação na hora, mas com certeza superamos bem. Estou feliz por tudo. Essa temporada está sendo muito boa, muito especial. O time conquistou a Copa do Brasil, vem fazendo grandes campanhas e resgatou o orgulho do torcedor”, destacou Juninho.

Além de jogadores e comissão técnica, os torcedores também compartilharam da mesma opinião. Após a eliminação, as tradicionais reclamações nas redes sociais deram lugar às mensagens de apoio e mostraram que a temporada de 2011 já entrou para a história do cruzmaltino. Além da mobilização na internet, os vascaínos prometem levar todo o seu apoio ao time no desembarque desta quinta-feira. A expectativa é que mais de 200 torcedores recepcionem o time, que retorna ao Rio de Janeiro por volta das 17h, no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão).

No capítulo final dessa história de recuperação após anos de polêmicas e jejum de títulos, o time precisa vencer o clássico contra o Flamengo, neste domingo, e torcer por um tropeço do rival paulista diante do Palmeiras para ficar com o título brasileiro e escrever um desfecho perfeito.

Fila da Madrugada te pelada e muita cerveja para garantir ingresso de classico carioca.

Empolgados com a importância do clássico decisivo do próximo domingo, torcedores de Vasco e Flamengo não mediram esforços para garantir presença no Engenhão e formaram filas na madrugada desta quinta-feira nos principais postos de venda. Enquanto os vascaínos aproveitaram a “estadia” em São Januário para assistir ao jogo decisivo da última quarta-feira pela Copa Sul-Americana, os rubro-negros tomaram cervejas e jogaram uma “pelada” na rua em frente à sede da Gávea enquanto o dia não amanhecia e as bilheterias não eram abertas.Torcedores do Flamengo passaram a noite na sede da Gávea em busca de ingressos

Primeiro da fila entre os flamenguistas, o operador de trânsito Evandro Luis, de 41 anos, não quis jogar bola com os companheiros de madrugada, mas guardava a mochila de alguns e providenciava a cerveja dos torcedores.

“Esse clima de descontração é legal para ajudar a passar o tempo. A vontade de ver o Flamengo é muito grande, principalmente em um clássico, mas tem hora que fica cansativo. Interessante também é que todo mundo vira amigo. Enquanto os garotos jogam bola, eu vou providenciar a cervejinha para a rapaziada. Só faltou uma carne pro churrasco”, brincou o torcedor rubro-negro, mostrando animação com o clássico de domingo.

“Não é a situação que nós queríamos, ainda mais com o Ronaldinho no time, mas só de poder tirar o título deles já vale o ingresso. Nessa hora, até esquecemos da Libertadores, o que importa mesmo é não deixar o Vasco ser campeão”, provocou Evandro Luis.

Em São Januário, apesar da falta de bola para a “pelada” e da eliminação para a Universidad de Chile na Copa Sul-Americana, o clima também era de descontração. Sem dispensar a cerveja, os vascaínos procuravam se distrair com muita conversa e provocação aos flamenguistas.

“Eu vou para o estádio para torcer pelo meu time, que ainda pode ser campeão. Eles são vergonhosos, só querem torcer contra os outros. Se tivesse um time bom, poderia estar na mesma situação que a nossa, feliz e com chances de comemorar na última rodada”, provocou a operadora de telemarketing, Lilian dos Santos, de 38 anos, primeira da fila cruzmaltina, que chegou ao estádio antes do jogo.

Esporte de Luto, após 13 meses de sofrimento na luta do cancêr, morre zagueiro de 23 anos.

A luta do zagueiro Gustavo Valezzi contra o câncer durou 13 meses. Morto no último domingo, o jogador de 22 anos descobriu o tumor no testículo em outubro do ano passado e desde então precisou se afastar do futebol para realizar um forte tratamento. A metástase que ocorreu em seguida e uma fratura no braço em agosto deste ano aceleraram o processo.

Gustavo Valezzi tinha 22 anos e começou a luta contra o câncer em outubro do ano passado

Gustavo Valezzi

Ex-companheiro de Bragantino, o volante Luciano Sorriso acompanhou de perto a luta de Gustavo. Mesmo quando deixou o clube paulista e se transferiu para o Fortaleza, Sorriso manteve contato frequente com o zagueiro, por telefone ou em almoços e visitas às respectivas casas no interior de São Paulo.

“Ele tinha sentido uma melhora em agosto, quando uma fratura no braço atrasou a recuperação e o câncer tomou força. Ele só tropeçou e bateu o braço na parede, mas como estava muito debilitado e o câncer tinha se espalhado, o osso não se consolidava mais”, contou Luciano Sorriso, ainda abalado.

O volante foi um dos primeiros jogadores do Bragantino a saber da doença, no fim de 2010. Gustavo contou que havia descoberto uma verruga no testículo e procurara um urologista. A verruga foi removida e levada para biópsia, quando foi diagnosticado o câncer. Menos de um mês depois a metástase espalhou o câncer pelo corpo.

 

Momento do Esporte: As principais notícias do esporte Mundial.

 

 

Marcelinho Paraíba será ouvido nesta quarta em delegacia de Campina Grande

Marcelinho Paraiba é preso por estupro em festa.

O jogador do Sport, Marcelinho Paraíba, foi detido com mais dois amigos nesta quarta-feira, em Campina Grande, após ser acusado de estupro durante evento realizado em uma festa realizada no sítio do atleta, localizado no bairro Nova Brasília. Conforme Boletim de Ocorrência registrado por Rosália de Abreu, a mulher acusa Marcelinho de tê-la estuprado, alegando ferimentos no lábio.

A mulher, Marcelinho Paraíba e outras pessoas presentes na festa serão ouvidos nesta manhã pelo delegado em Campina Grande. Rosália será submetida a exame de corpo de delito.

O evento no sítio em Campina Grande ocorreu durante a madrugada. Em depoimento à polícia, a suposta vítima informa que os participantes haviam ingerido bebida alcoólica.

Na partida de ida, em São Januário, Vasco e Universidad de Chile empataram em 1 a 1

 

Vasco Vai ao Chile e joga contra desgaste em busca de vaga na Final da Sul Americana.

Acostumado a fortes emoções neste ano de 2011, o Vasco busca escrever mais um capítulo especial e carimbar a vaga inédita na final da Copa Sul-Americana. Para isso, o time terá que superar, nesta quarta-feira, às 21h50, a Universidad de Chile e, principalmente, o desgaste físico pela maratona de jogos nesta reta final de temporada.

Além disso, os vascaínos terão que vencer o “alçapão” do estádio Santa Laura, em Santiago, palco da partida de volta das semifinais da competição. Após empatar o primeiro jogo em 1 a 1, na última semana, em São Januário, o time cruzmaltino precisa de uma vitória simples ou de um empate por dois ou mais gols para avançar à decisão do torneio. Quem se classificar no confronto desta quarta decide o título com a LDU, do Equador, que superou o Vélez Sarsfield, da Argentina, na outra chave.

Mesmo sofrendo todos os efeitos do desgaste físico pelo pouco tempo de descanso entre os jogos, o técnico do Vasco, Cristóvão Borges, conseguiu minimizar os problemas e terá apenas um desfalque para a partida decisiva diante da “La U”. O meia Felipe, com dores musculares, ficou no Rio de Janeiro e dará lugar a Bernardo no time titular. Apesar de ainda não confirmar, outra novidade deve ser o retorno de Alecsandro ao ataque, no lugar de Elton.

Ciente da pressão pelo resultado e das dificuldades que serão encontradas no palco da decisão, Cristóvão pede apenas que o time tenha calma, contenha a ansiedade, para buscar um bom resultado. “Do outro lado, temos uma equipe qualificada e uma pressão muito grande da torcida. É preciso ter calma e uma boa aplicação tática para lutarmos pela vaga. Temos que controlar a ansiedade e não podemos entrar em desespero pelas circunstâncias adversas”, resumiu o treinador do Vasco

Do outro lado, o pensamento é exatamente o contrário. Buscando se beneficiar da pressão que será exercida por sua torcida e pelo fato de estar acostumado ao acanhado estádio, a Universidad de Chile não quer saber de calma e promete partir para cima desde o início. “A única opção que temos é atacar desde o início, e será isso que vamos fazer. Temos que aproveitar o fato de estarmos diante da nossa torcida e pressionar em busca da classificação”, analisou o técnico Jorge Sampaoli.

Apontado por muitos como o melhor time das Américas, a “La U” busca uma atuação bem diferente da partida de ida, quando não conseguiu impor seu ritmo e só chegou ao empate no final do jogo. Para isso, os chilenos apostam, mais uma vez, na dupla formada por Lorenzetti e Vargas, responsáveis pelas principais jogadas ofensivas do time.

UNIVERSIDAD DE CHILE x VASCO

Data e horário: 30/11/2011 (quarta-feira), às 21h50 (horário de Brasília)
Local: Estádio Santa Laura, em Santiago (CHI)
Transmissão na TV: Rede Globo, Rede Bandeirantes e SporTv
Árbitro: Dario Ubriaco (Uruguai)
Auxiliares: Mauricio Espinoza (Uruguai) e Miguel Nievas (Uruguai)

Universidad de Chile
Herrera; Osvaldo González, Marcos González e Rojas; Rodríguez, Aránguiz, Díaz, Mena e Lorenzetti; Vargas e Gallegos
Técnico: Jorge Sampaoli

Vasco
Fernando Prass; Fagner, Dedé, Renato Silva e Jumar; Rômulo, Allan, Juninho e Bernardo; Diego Souza e Alecsandro
Técnico: Cristóvão Borges

Jogadores do Fla unidos após uma vitória no Campeonato Brasileiro: momento decisivo

Dirigente do Flamengo pede total atenção em jogo contra o Vasco pelo Brasileirão no Domingo.

Último jogo do Flamengo na temporada, o clássico contra o Vasco, domingo, às 17h (de Brasília), no Engenhão, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, é uma autêntica decisão. O Rubro-Negro luta por uma vaga na Libertadores do próximo ano, enquanto o Cruzmaltino busca o título. Um empate, ou mesmo uma derrota, desde que apenas um time entre Figueirense, Internacional e Coritiba vença o seu jogo, colocam a equipe de Vanderlei Luxemburgo na principal competição do continente.

Para que o objetivo seja cumprido, a cúpula de futebol procurou orientar os jogadores durante os últimos dias da necessidade de uma concentração maior até o confronto. Para não perder a vaga, a doação integral é cobrada pelo treinador e dirigentes. Foi pedido para que os atletas evitem se expor fora do ambiente de trabalho até domingo. Além disso, a diretoria estipulou esta quarta-feira como prazo para normalizar o pagamento dos salários atrasados, exceto Ronaldinho, cuja resolução do imbróglio com a Traffic ficou para depois do encerramento da competição nacional.

Luiz Augusto Veloso, diretor executivo de futebol, comentou o pensamento nos bastidores em uma semana de clássico decisivo contra o maior rival.

“Vamos jogar uma final contra o Vasco. É uma semana decisiva e não podemos dar qualquer brecha. É fundamental ter o máximo de concentração para encerrarmos o ano com o objetivo estabelecido no início da temporada. Criamos uma situação boa e só dependemos de nós. É uma chance importantíssima para o Flamengo. A partir daí, começamos a planejar alguns pontos da próxima temporada”, explicou.

O volante Willians, que recentemente teve problemas de indisciplina, destacou a importância de “se cuidar” antes de um jogo importante para a temporada.

“Tem que treinar e se cuidar. Sabemos que é um clássico. Você tem que dar o máximo. Um jogo desses pede toda a sua energia. Vamos nos cuidar e fazer uma boa partida. Eles vão vir com bastante vontade, não podemos bobear”, finalizou.

A princípio, a concentração para o clássico começa na próxima sexta-feira. Os jogadores se apresentam em um hotel da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, após o treinamento da tarde no CT Ninho do Urubu.

Fernanda Venturini (e) e Natalia: 19 anos separam as novas parceiras de Unilever

 No Volei  Fernanda Venturini, tenta se adaptar a juventude do Unilever.

Michael Schumacher, Michael Jordan e Ian Thorpe são alguns dos atletas que já encerraram aposentadorias pelo simples prazer de voltarem a competir. O terceiro retorno de Fernanda Venturini às quadras não foi bem assim, por vontade própria. Em sua nova empreitada como atleta, a levantadora tem feito o possível para se reciclar e se adaptar à nova realidade do voleibol.

Aos 41 anos, Fernanda diz que seu retorno ao esporte foi, de fato, uma prova de amor ao marido, Bernardinho. Após perder Dani Lins para o Sesi e não conseguir contratar Fabíola, o técnico da Unilever recorreu à solução mais próxima para preencher a única posição vaga em seu time para a temporada 2011/2012.

“Meu marido que pediu. Eu estava com minha operação de joanete marcada e ele veio com essa história. Isso que é amor pelo marido”, brincou a veterana durante o lançamento da Superliga 2011/2012. “Pensei muito, porque minha vida estava de outro lado. Foi um susto, tive que ponderar bastante, colocar na balança”.

Ao pedido do marido se opôs o descontentamento da filha mais velha, Julia, de 11 anos. “A Julia não gostou muito, porque o pai dela já viaja demais. Dia 10, por exemplo, não sei como vou fazer, porque é o dia do jazz dela. É do ladinho do Maracanã, mas eu teria que ganhar o jogo contra o Sesi muito rápido”, disse a levantadora, referindo-se ao jogo de estreia na Superliga. “Mas já convoquei tio, padrinho, parente pra me representar lá. A Vitória [filha mais nova, de quase 2 anos] está gostando. No dia que ela foi no jogo ela gritava ‘vai, mamãe, vai’. A Julia é muito decidida, cobra mais. Mas eu sou uma mãe muito boa, faço a festa dela, deixo ir pra Disney, então ela não tem muito o que reclamar.

De volta aos treinamentos, Fernanda garante que não sentiu dores excessivas nem teve de fazer mudanças drásticas em sua rotina. Ela tem apenas uma carga de exercícios reduzida nos treinos, mas a boa forma física e o talento conhecido superam os obstáculos causados pela idade.

“Tenho 41 anos, então não vou mais treinar como quando eu tinha 20, 30. Tenho também um problema no joelho com que eu sempre convivi. Então não faço 50 saltos num treino, faço menos. No treino, tenho que fazer só o essencial”, explica ela.

A grande adaptação pela qual Fernanda tem passado é ao novo ritmo do vôlei, mais intenso que antes, e à jovialidade de suas novas companheiras. Das parceiras de Unilever, apenas três já passaram dos 30 – Valeskinha, Fabi e Juciely –, enquanto a maioria, com 20 poucos anos, está no auge da juventude. E, por consequência, da curtição.

“Esse time é muito brincalhão. Eu tô ficando velha. Ouço as conversas delas, de balada e tal, e vejo que é outra fase da vida. Mas eu me divirto muito com elas. A Mara que diz que eu sou mais enxuta do que muita garotinha”, revelou.

As parceiras confirmam que Fernanda tem tentado se entrosar ao grupo. “Ela está com um espírito jovem, a fim de se entrosar com a gente, sair pra jantar, conversar sobre internet”, detalhou Natalia, que não tinha nem nascido quando a levantadora, na época ainda atacante, já era bicampeã mundial juvenil.

Dez anos mais jovem que Fernanda e uma das poucas atletas da Unilever a já ter jogado com ela em anos anteriores, Fabi não esconde a empolgação por tê-la de volta no time.

“Talvez ela não faça as mesmas coisas que fazia quando tinha 20, 30 anos, mas eu comparo com o Romário. Se ele fosse bater um pênalti agora, por mais que não convertesse, ele não faria nada absurdo. A mesma coisa ela. Você não vai ver a Fernanda dar um toque horroroso, dois toques. Ela, o Romário, o Ronaldinho são pessoas fora de série”, diz a líbero. “Hoje ela é mãe de duas filhas, tem uma família, talvez ela nem tivesse motivo pra voltar a jogar. Mas ela é a Fernanda, ainda vai fazer coisas espetaculares”.

Penultima rodada do brasileirao de 2011, tem jogos de tirar o folego.

 

O campenonato brasileiro está em reta final e pode ate ser definido essa semna, Corinthians enfrenta o figueirense e caso Vencça pode ser consagrado campeão desse ano. Vasco Flamengo, Inter e Fluminensa, torcem contra o timão. faça ja sua aposta e confira a roidada do brasileirao.

JOGO ESTÁDIO CIDADE RELATO
17h00 Palmeiras x São Paulo Pacaembu São Paulo  
17h00 Santos x Bahia Vila Belmiro Santos  
17h00 Flamengo x Internacional Cláudio Moacir Azevedo Macaé  
17h00 Fluminense x Vasco Engenhão Rio De Janeiro  
17h00 Grêmio x Atlético-GO Olímpico Monumental Porto Alegre  
17h00 Atlético-MG x Botafogo Arena do Jacaré Sete Lagoas  
17h00 Figueirense x Corinthians Orlando Scarpelli Florianópolis  
17h00 Coritiba x Avaí Couto Pereira Curitiba  
17h00 América-MG x Atlético-PR João Havelange (MG) Uberlândia  
17h00 Ceará x Cruzeiro Presidente Vargas

Ronaldinho Gaucho cai no conto da web cam, se masturba e vira assunto até nas colunas de humor.

O craque do Flamengo ronaldinho Gaucho conhecido por ser baladeira de plantão literalmente pode ter caido no conto do vigário após supostamente ter se exibido atraves de uma web cam praticando atos intimos, ou popularmente falando se masturbando.

Até o prensente momento nem Flamengo nem o craque se pronunciaram sobre o assunto, mas o que há de se entender é da qualidade do vídeo caso seja uma montagem. O vídeo em que o jogador se masturba por aproxiamadamente sete minutos foi reitrado dos veiculos de comunicação, mas n´so do PIN trazemos pra voce mais uma versão do Ronaldinho Masturbador, é só clicar no link a seguir.

ronaldo-gaucho-canta-depois-do-prazer